Ansiedade ou Depressão? Uma coisa não exclui a outra

Com a Saúde Mental cada vez mais em pauta, é natural que as pessoas procurem tratamento e pesquisem sobre o assunto. Quem já buscou um profissional com esse tipo de queixa provavelmente se perguntou, mas afinal, qual o meu diagnóstico, tenho Depressão ou Ansiedade? 

ansiedade depressão Cuiaba psiquiatra
Duvida constante nos pacientes, às vezes esse dilema é desnecessário ao tratamento

A Depressão é uma alteração marcada do humor e da capacidade de alguém sentir prazer, também atinge o raciocínio, a energia física e o conteúdo dos pensamento – que fica sempre mais pessimista e negativista sobre si mesmo e o mundo. 

A Ansiedade, por outro lado, é um estado constante de alerta, que faz o paciente evitar situações que fogem do seu controle, sentir medo ou ter sustos com facilidade e até, em casos graves, ter crises de ansiedade e pânico – que como o nome já indica são realmente desesperadoras. 

A doença psiquiátrica é uma alteração de como o cérebro funciona – que ao contrário de várias doenças neurológicas pode não mudar a anatomia (estrutura física) do cérebro e portanto não apresenta alterações em nenhum exame convencional. O cérebro funciona com uma complexidade que até hoje a ciência “quebra a cabeça” para compreender, nesse intrincado sistema não é tudo 8 ou 80, e ter mudanças nas regiões que geram ansiedade, muitas vezes também causa sintomas depressivos e o contrário também é verdadeiro. 

Dessa forma, a mesma pessoa pode ter Depressão e Ansiedade, prevalecendo uma ou outra coisa em cada momento da vida. O diagnóstico da Depressão Ansiosa é justamente a presença de sintomas “misturados” dos dois diagnósticos no mesmo período de tempo. 

psiquiatra cuiaba
Dois lados da mesma moeda: Ansiedade e Depressão podem ser causados pelo mesmo problema

Mais da metade das pessoas com Diagnóstico de Depressão podem apresentar, no decorrer de um ano um diagnóstico de Ansiedade. Estudos apontam carga genética compartilhada pelas duas condições e as medicações usadas para tratar uma doença muitas vezes melhoram a outra também. 

A Depressão não é necessariamente um diagnóstico mais grave que a ansiedade, pois quadros graves de ansiedade, como a Síndrome do Pânico podem ser até mais incapacitantes que transtornos depressivos.

Portanto, não se assuste com o diagnóstico, não tenha medo de procurar ajuda, nem espere a situação ficar insuportável para iniciar o tratamento. Mais importante do que se perder em alguns questionamentos, é se encontrar com profissionais que te ajudem a melhorar e conseguir a remissão dos sintomas. 

Ao contrário do que se pensa, Depressão tem tratamento!

Dr. Manoel Vicente de Barros – Psiquiatra em Cuiabá

https://www.instagram.com/dr.manoelvicente/

http://www.ipec.med.br/

Publicado por

Manoel Vicente de Barros

Médico Psiquiatra em Cuiabá - Mato Grosso / Medicina pela Universidade Federal de Mato Groso (UFMT) / Aperfeiçoamento em Psicogeriatria pela USP / Observership em Estimulação Magnética Transcraniana (EMTr) na Toronto University no Canadá / Instagram: @dr.manoelvicente / Facebook: dr.manoelvicente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *